21 de dezembro de 2012

CPU-Z


CPU-Z é um freeware que reúne informações sobre alguns dos principais dispositivos de seu sistema.

CPU
- Nome e número.
- Stepping núcleo e processo.
- Pacote.
- Tensão do núcleo.
- Relógios internos e externos, multiplicador de clock.
- Conjuntos de instruções suportados.
- Informações de cache.


Placa Mãe
- Modelo de fornecedor e revisão.
- Modelo e data da BIOS.
- Chipset (northbridge e southbridge) e sensor.
- Interface gráfica.


Memória
- Freqüência e tempo de ciclos.
- Tipo e tamanho.
- Módulo de especificação (s) utilizando SPD (Serial Presence etect): fabricante, número de série, mesa horários.


Sistema
- Windows e versão do DirectX.


Está também disponível um mecanismo de detecção de CPU-Z 's, para uso personalizado através do CPUID Kit de Desenvolvimento, um SDK profissional construída para os sistemas operacionais Windows.

Em 12 anos, 62 versões do CPU-Z foram liberados, em torno de uma a cada dois meses mais ou menos.
Comparando as telas acima com a tela abaixo é possível ver como o programa evoluiu, para melhor.
A imagem abaixo mostra o CPU-Z 1.03, lançado em agosto de 2000.

20 de dezembro de 2012

HTOP - Monitorando processos no Linux


O Htop é aplicativo alternativo ao top, para monitoramento dos processos no Linux.
Ele mostra uma lista de processoes que estão em execução no computador,
como processador, memória, swap, status de memória e outras informações.
Esta lista é atualizanda em tempo de execução,  em cores diferentes para facilitar a leitura.


Algumas diferenças entre o Htop e o Top:
  • O Htop suporta operações com o mouse.
  • O Htop exibe em listas horizontais e verticais todos os processos e seus respectivos comandos.
  • No Htop você não precisa digitar o número do processo para matá-lo.
  • No Htop você não precisa digitar o número do processo para ajustar a sua prioridade.
  • O Htop inicia e é mais rápido que o top, este último, coleta muitos dados antes de exibir alguma coisa.
  • No top, caso você não faça um ajuste, está sujeito a um atraso para cada tecla que for pressionada.


O Htop é escrito em C, portanto para instalar você precisa do compilador gcc instalado e das bibliotecas de desenvolvimento ncurses.

18 de dezembro de 2012

Universal USB Installer


Universal USB Installer é um Live USB Creator Linux que permite que você selecione a partir de uma seleção de Distribuições Linux quel deseja gravar em seu flash drive USB. 

O Universal USB Installer é bastante fácil de usar, basta escolher uma distribuição Live Linux, o arquivo ISO, o seu Flash Drive e clique em Instalar. 

Após a conclusão, você deve ter uma Live da distro escolhida inicializavel, pronta para ser executada. 

 
Outras características incluem: Persistência (se disponível) - note que a persistência casper só vai funcionar  com discos formatados em FAT16 ou FAT32.

Importante:
Verifique se o seu drive USB foi formatado em Fat16/Fat32/NTFS, caso contrário Syslinux irá falhar e seu disco não irá inicializar.



Pré-requisitos para criação de Flash USB Drive:

- Universal-USB-Installer-1.9.1.9.exe
- Windows XP/Vista/7 para criar o USB
- Flash Drive formatado em FAT16, FAT32, NTFS
- PC com uma BIOS que suporte iniciar a partir de USB
- Imagem ISO da sua dritro favorita

17 de dezembro de 2012

Oracle Database Online Documentation 10g Release 2 (10.2)


Bem-vindo ao Oracle Database 10g de Documentação Online. Aqui você pode pesquisar novas informações, procurar informações de referência, e pesquisar em toda a biblioteca.


São muitos documentos e livros sobre diversos assuntos como Instalação, Administração, OLTP, Desenvolvimento de Aplicações, Data Warehousing, Segurança de Backup e muio mais, que você pode ler ou baixar de graça, vale a pena colocar nos favoritos.


Formatos móveis disponíveis

Vários documentos estão disponíveis em formatos ePub e Mobipocket para visualização móvel conveniente. Links para esses formatos estão disponíveis a partir do canto superior direito da Associated páginas HTML.

MenuetOS

Nem só de Linux, Windows e MAC sobrevive a humanidade...


MenuetOS é um sistema operacional em desenvolvimento para o PC escrito inteiramente em linguagem assembly 32/64 bits. Menuet64 é liberado sob licença e Menuet32 sob GPL. Menuet não é baseado em outro sistema operacional, nem tem suas raízes no UNIX ou os padrões POSIX. O objetivo do projeto, desde o primeiro lançamento no ano de 2000, tem sido o de remover as camadas extras entre as diferentes partes de um sistema operacional, que normalmente complicam a programação e criam bugs.


Sua estrutura de aplicação não é especificamente reservado para programação asm desde o cabeçalho pode ser produzido com praticamente qualquer outra línguagem. No entanto, o projeto de programação global de aplicação destina-se a 32/64 bit asm.


Características

- Multitarefa preemptiva com 1000Hz para schedule, multithreading, multiprocessador
- GUI com resoluções até 1920x1080, 16 milhões de cores
- Aplicação de skins de forma livre, transparente em aplicação de janelas
- Suporte multiprocessador com atualmente até oito cpus
- IDE: Editor/Montador para aplicações
- USB 2.0 de alta velocidade de armazenamento, webcam, impressora e suporte para TV/Rádio
- USB 1.1 com suporte para teclado e mouse
- Pilha TCP/IP com drivers Loopback e Ethernet
- Cliente de email/ftp/http/clientes e servidores ftp/mp3/http
- Busca de dados em tempo real
- Adapta-se em um único disquete, boot também em unidades de CD e USB.



Fonte: http://www.menuetos.net/


Ubuntu 12.10 - "Quantal Quetzal"


Alguns meses depois do lançamento do Ubuntu "Precise Pangolin", versão 12.04 LTS, a Canonical disponibilizou a versão 12.10, batizada de "Quantal Quetzal". Esta versão possui um kernel baseado na versão 3.5 do Linux e traz atualizado o ambiente de trabalho Unity com novos recursos e melhorias.

Esta versão traz uma melhor integração com os serviços do Ubuntu One, incluindo melhorias no Ubuntu One Music Store, introduz suporte para Web Apps e é a primeira versão do Ubuntu a suportar o UEFI Secure Boot.


Também foram realizadas melhorias na Central de Software (Software Centre) e deram melhor acabamento ao Gerenciador de Atualizações (Update Manager), que agora se chama "Software Updater" que é configurando para verificar atualizações assim que iniciado.


Muitos dos componentes e pacotes que integram a distribuição foram atualizados para versões mais recentes: entre eles estã o OpenJDK 7, GCC 4.7.2, o Python 3.2, LibreOffice, e a versão 16.0.1 do navegador Firefox e do cliente de email Thunderbird.

O Ubuntu 12.10 está disponível para download em versões para desktop e servidores no site do projeto. Também estão disponíveis para download as derivações oficiais, incluindo o Kubuntu, Xubuntu, Lubuntu, Edubuntu e Ubuntu Studio.

11 de dezembro de 2012

up4me.com

Compartilhamento fácil e rápido de arquivos.


Este é um Website Simples e Prático para você ter mobilidade com seus arquivos online.

Para guardar (compartilhar) seu(s) arquivo(s) é bastante simples:

1 - Clique na caixa "seus arquivos" e escolhe 1 ou mais arquivos
2 - Digite o nome de onde seus arquivos irão ser armazenados
3 - Clique em Upload
 

Não é necessário fazer um cadastro. 

Quando você escolher o nome da pasta, seus arquivos vão estar disponíveis para quem você quiser. As outras pessoas só precisam saber  qual o nome que você escolheu para guardar seus arquivos.

Se ainda precisar de mais segurança para seus arquivos, você pode estipular uma SENHA para um ou mais arquivos que você mandar para pasta.

Se mesmo assim você ainda quiser mais segurança, você também pode cadastrar uma conta com login e senha e desfrutar dessa maravilhosa ferramenta online.!

Gedit for Windows



O gedit é o editor de texto oficial do ambiente desktop GNOME, focado na simplicidade e facilidade de uso, é um excelente e poderoso editor de texto de propósito geral.
 
No no meu caso, uso no windows em substituição ao bloco de notas (notepad), claro que são aplicativos diferentes e não devem ser comparados.


Atualmente o Gedit apresenta as seguintes características:
  • Suporte total para texto internacionalizado (UTF-8)
  • Configurção de destaque de sintaxe para várias linguagens (C, C++, Java, HTML, XML, Python, Perl e muitos outros)
  • Desfazer / Refazer
  • Edição de arquivos a partir de locais remotos
  • Arquivo revertido
  • Imprissão e suporte de visualização para impressão
  • Prancheta de apoio (cortar / Copiar / Colar)
  • Procurar e substituir
  • Ir para linha específica
  • Recuo Automático
  • Quebra de texto
  • Numeração de linhas
  • Margem direita
  • Destaque da linha atual
  • Os arquivos de backup
  • Fontes e cores configuráveis
  • Manual do usuário completo on-line
O Gedit possui ainda um sistema avançado de plugins flexível que pode ser usado dinamicamente para adicionar novos recursos.

Veja a plugins página para mais informações sobre os plugins existentes.


Gedit é liberado sob a GNU General Public License (GPL)

10 de dezembro de 2012

http://www.canalsystemcenter.com.br/


Este é um dos sites que consulto sempre pois o seu conteúdo é voltado principalmente para as ferrametas Microsoft da família do System Center. 

Entre elas, as que uso diariamente no meu trabalho:
- System Center Configuration Manager, 
- System Center Service Manager e 
- System Center Operations Manager.


O material dispinibilizado é muito completo, com uma grande lista de vídeos, tutorias, links e muitos documentos de fácil localização.

Nesse site gosto particularmente da Revista Canal System Center que nos proporciona sempre a cada edição excelentes matérias e entrevistas, além da ótima diagramação.


Diante mão agradeço ao Cleber Marques pelo excelente trabalho e torço para que continue assim ou melhore cada vez mais.

7 de dezembro de 2012

Haiku OS

Nem só de Linux, Windows e MAC sobrevive a humanidade...


O que é o Haiku?

Haiku é um sistema operacional de código aberto atualmente em desenvolvimento que visa especificamente a computação pessoal. 
Haiku é um sistema rápido, eficiente, simples de usar, fácil de aprender, e ainda muito poderoso para usuários de computador de todos os níveis. 
Além disso, Haiku oferece algo mais em relação a outras plataformas de código aberto que é bastante singular: O projeto consiste em uma única equipe a escrever tudo desde o kernel, drivers, user and serviços, kit de ferramentas e gráficos pilha para as aplicações de desktop incluídos e preflets. 
Isso permite ao Haiku alcançar um nível de consistência que oferece muitas conveniências, e é realmente agradável de usar tanto por usuários finais quanto para desenvolvedores.



O que há de tão bom no Haiku afinal?
 
Os destaques principais que distinguem Haiku de outros sistemas operacionais incluem:
 
- Foco específico em computação pessoal
- Kernel personalizado projetado para a capacidade de resposta
- Design de grande eficiência com CPUs multi-processadas/core
- Rica API OO para desenvolvimento mais rápido
- Banco de dados como sistema de arquivos (BFS) com suporte para metadados indexada
- Interface unificada e coesa


Por que usar Haiku?

O Sistema de estar operando introduziu conceitos progressistas e tecnologias que acreditamos representar o meio ideal simples e eficiente de computação pessoal. 
Haiku é a realização de tais conceitos e tecnologias na forma de um sistema operacional que é de código aberto e livre.

Quem está por trás Haiku?

Haiku é desenvolvido por uma comunidade crescente de desenvolvedores voluntários de todo o mundo. 
Além disso, Haiku também existe graças ao apoio dedicado de uma comunidade fervorosa e amigável, e que de Haiku Inc., uma organização sem fins lucrativos fundada pelo ex-líder do projeto, Michael Phipps com o objetivo de apoiar o desenvolvimento do Haiku, bem como o crescimento tanto da comunidade como da plataforma do Haiku.

6 de dezembro de 2012

Firefox OS Mobile


O apoio da indústria está crescendo muito e rapidamente por trás dos planos da Fundação Mozilla para o lançamento de um novo ecossistema para celeular totalmente aberta baseado em HTML5.

O sistema operacional que a Mozilla confirmou recentemente, usará sua marca Firefox, construído inteiramente com os padrões abertos da Web, onde todos os recursos do dispositivo podem ser desenvolvidos em HTML5.

Eles também identificaram o potencial da tecnologia para oferecer experiências atraentes smartphones a preços atingíveis.

Os primeiros dispositivos com o sistema operacional Firefox OS Mobile deverão ser lançados comercialmente no Brasil no início de 2013 através da marca comercial da Telefónica, a Vivo.

O sistema operacional do Firefox para dispositivos móveis é construído sobre o "projeto Boot para Gecko" da Mozilla que abre muitas das limitações atuais de desenvolvimento web no celular, permitindo que os aplicativos HTML5 possam  acessar os recursos subjacentes de um telefone, anteriormente disponíveis apenas para aplicativos nativos.

Unidade digital da Telefónica uniu forças com o Mozilla no início deste ano para levar este trabalho e mostrar uma arquitetura de novo telefone onde cada recurso do telefone (chamadas, mensagens, jogos, etc) é um aplicativo HTML5.

Devido à otimização da plataforma para a entrada de nível de smartphones ea remoção de camadas de middleware desnecessários, os operadores móveis têm a capacidade de oferecer uma experiências mais ricas em uma variedade de preços, incluindo na parte inferior da faixa de preço smartphone, ajudando a impulsionar adoção em todos os mercados em desenvolvimento. 


A Mozilla e todos os outros participantes estão empenhados em garantir que o projeto seja totalmente aberto e a implementação de referência da Web APIs necessária está sendo submetido ao W3C para padronização.

"A introdução do sistema operacional móvel aberto continua a missão da Fundação Mozilla para promover a inovação, abertura e oportunidade na Web para usuários e desenvolvedores.

Como bilhões de usuários são esperados para entrar em linha pela primeira vez nos próximos anos, é importante oferecer uma experiência em smartphone que qualquer um pode usar ", disse Gary Kovacs, CEO da Mozilla. "O grande número de operadoras e fabricantes que agora estão apoinado este esforço trará recursos adicionais e diversidade de nossas ofertas globais".

A Fundação Mozilla tem sido um pioneira e defensor da Web por mais de uma década criando e promovendo padrões abertos que permitem a inovação e promoção da Web como uma plataforma para todos.

Hoje, centenas de milhões de pessoas no mundo usam o Mozilla Firefox para descobrir, experimentar e se conectar à Web em computadores, tablets e celulares.

Para mais informações, visite https://www.mozilla.org

Fonte https://blog.mozilla.org/blog/2012/07/02/firefox-mobile-os/

5 de novembro de 2012

Apache OpenOffice 3


De volta às origens.

Recentemente troquei o meu leitor de pdf, FoxIt, pelo Sumatra PDF, simplesmente para obter mais recursos.

Agora foi a vez de trocar o LibreOffice pelo Apache OpenOffice, embora tenham as mesmas funcionalidades, acredito mais na trajetória da Fundação Apache e por isso, na durabilidade da suite. 

Apache OpenOffice é a principal suite de escritório, software open-source para processamento de texto, planilhas, apresentações, gráficos, bancos de dados e muito mais. Ele está disponível em vários idiomas e funciona em todos os computadores comuns. Ele armazena todos os seus dados em um formato aberto padrão internacional e também pode ler e escrever arquivos de outros pacotes de softwares comuns de escritórios. Ele pode ser baixado e usado completamente gratuito para qualquer finalidade.

Por quê vou usar o Apache OpenOffice?

É um excelente software.
Apache OpenOffice é o resultado de mais de vinte anos de engenharia de software. Projetado desde o início como uma única peça de software, ele tem uma consistência que outros produtos não pode igualar. Um processo de desenvolvimento completamente aberto significa que qualquer pessoa pode relatar bugs, solicitar novos recursos, ou melhorar o software. O resultado: o OpenOffice Apache faz tudo o que você quiser que o seu software de escritório para fazer, do jeito que você quer.

É muito fácil de usar
Apache OpenOffice é fácil de aprender, e se você já estiver usando outro pacote de software de escritório, você vai levar para o OpenOffice imediatamente. Nossa comunidade mundial de língua nativa significa que o OpenOffice é, provavelmente, disponível e com suporte no seu próprio idioma. E se você já tem os arquivos de outro pacote de escritório - OpenOffice provavelmente irá lê-los sem dificuldade.

É compatível com as normas
Certificado pela OSI como padrão aberto compatível, é o primeiro pacote de software no mundo a utilizar OASIS OpenDocument Format (ISO 26300) como seu formato nativo de arquivo.

E, é grátis
O melhor de tudo, o OpenOffice Apache pode ser baixado e usado inteiramente livre de qualquer taxa de licença. Apache OpenOffice é liberado sob a licença Apache 2.0. Isto significa que você pode usá-lo para qualquer propósito - doméstico, comercial, administração, educação pública. Você pode instalá-lo em quantos computadores você quiser. Você pode fazer cópias e distribuí-los para a família, amigos, alunos, funcionários - qualquer um que você gosta.

O Apache OpenOffice é composto dos seguintes aplicativos:


Writer - um processador de texto que você pode usar para qualquer finalidade, desde escrever uma carta rápida ou produzir um livro inteiro.
.

Calc - uma planilha poderoso com todas as ferramentas que você precisa para calcular, analisar e apresentar seus dados em relatórios numéricos ou gráficos.


Impress - a maneira mais rápida, mais poderosa para criar apresentações multimídia eficazes.


Draw - permite produzir tudo, desde diagramas simples ate ilustrações dinâmicas em 3D. 


Base - permite manipular bancos de dados sem problemas. Criar e modificar tabelas, formulários, consultas e relatórios.


Math - permite criar equações matemáticas, com uma interface gráfica de usuário ou digitando diretamente suas fórmulas no editor de equação. 


Fonte: Apache Software Fundation.

30 de outubro de 2012

Windows - Recuperar Senha Perdida...


Esqueceu a senha do seu Windows?

Não se preocupe, pra tudo tem mais de uma solução, aqui vou citar apenas quatro que precisei usar em alguns casos.
Sempre vale a pena esclarecer que estes procedimentos não devem ser feito como padrão, tenha sempre em mente que senhas de Administrador (Windows) ou Root (Linux) são para essas eventualidades.
Por via de regra essas senhas devem ser criadas e deixadas de lado,não esquecidas claro.
No Windows crie seu usuário e coloque no grupo de Administradores, no Linux crie seu usuário e acesse como root.
Mas nunca use como padrão a senha de Administrador ou de Root..

Vamos ao que interessa...

1 - Pwdump v7.1 - Gratis


Recupera senhas do Windows, extraindo valores de hash de binário SAM e arquivos de sistema no sistema de arquivos.
Uma das características poderosa do pwdump7 é que também pode ser usado para "despejar' os arquivos protegidos. Você pode copiar um arquivo executando apenas o comando: pwdump7.exe -d c:\lockedfile.dat backup_lockedfile.dat.
Esta ferramenta só pode ser usado em arquivos SAM e SYSTEM.
Sintaxe de uso:
pwdump7.exe (Dump system passwords)
pwdump7.exe -s <samfile> <systemfile> (Dump passwords from files)
pwdump7.exe -d <filename> [destionation] (Copy filename to destionation)
pwdump7.exe -h (Show this help)
 



NTPWEdit é um editor de senha para sistemas baseados em Windows NT (como o Windows 2000, XP, Vista, 7 e 8), ele pode alterar ou remover senhas das contas locais do sistema. Este programa não pode descriptografar nem mudar senhas do domínio e do Active Directory.
NTPWEdit modifica senhas diretamente no local de origem, ou seja, na pasta  C:.\WINDOWS\ SYSTEM32\CONFIG\SAM.
Quando executado, bloqueia qualquer acesso do sistema operacional à este arquivo, por isso deve ser executado em outra cópia do Windows.
 
Alguns métodos para usar este programa:
  • Inicialização do Windows PE ou BartPE ambiente a partir do CD-ROM ou flash-drive e lançamento NTPWEdit;
  • Inicializar comando modo de recuperação de linha do Windows Vista ou mídia mais nova de distribuição;
  • Aanexar disco rígido de outro computador e editar senhas lá;
  • Inicialização do sistema a partir da partição separada (se múltiplos sistemas operacionais estão instalados). 

3 - Ophcrack 3.4.0 - Open Source


Ferramenta com base em tabelas rainbows para a recuperação de senhas do Windows. Também usa uma memória de tempo-trade-off e vem com uma interface gráfica que facilita o uso da ferramenta que também é múlti plataformas.
 

Características:    
  • Funciona em Windows, Linux/Unix, Mac OS X, ...    
  • Crack hashes LM e NTLM.    
  • Disponíveis para Windows XP e Vista/7.    
  • Módulo de força bruta de senhas simples.    
  • Modo de Auditoria com exportação para arquivo CSV.    
  • Graficos em tempo real para analise das senhas.    
  • LiveCD disponível para simplificar a "ardua tarefa".    
  • Software livre e de código aberto (GPL).
    .


4 - Offline Windows Password Editor e Registro - Grátis

O Windows armazena informações de seus usuários, incluindo versões das senhas criptografadas, em um arquivo chamado 'Sam', normalmente encontrada em \windows\system32\config. Este arquivo é parte do registro, em um formato binário anteriormente em situação irregular, e não é facilmente acessível.


Este é um utilitário para redefinir a senha de qualquer usuário que tenha uma conta válida local em seu sistema Windows.
Suporta todos os Windows a partir de NT3.5 para Win7, também de 64 bits e também as versões de servidor (como 2003 e 2008)
Você não precisa saber a senha antiga para definir uma nova.
Ele funciona offline, ou seja, você tem que desligar o computador e arrancar um disco de CD ou USB para fazer a redefinição de senha.
Irá detectar e desbloquear contas de usuários bloqueadas ou desativadas para fora!
Há também um editor de registro e outros utilitários de registro que funciona em Linux / Unix, e pode ser usado para outras coisas além de edição de senha.